ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Após terremoto, Temer receberá 20 parlamentares do baixo clero


Horas depois das revelações de que o presidente Michel Temer deu aval para comprar silêncio de Eduardo Cunha, a presidência divulgou a agenda desta quinta-feira (18). Temer receberá 20 parlamentares no Palácio do Planalto, num movimento atípico desde que assumiu a cadeira que foi de Dilma Rousseff. Serão 18 audiências com o presidente, que vão das 8h às 19h30.
A primeira agenda do presidente é com o senador Sérgio Petecão, coordenador da tímida bancada do Acre. O último encontro será com o deputado Sóstenes Cavalcante e o pastor Silas Malafaia.
Na lista dos que se reunirão com Temer há uma profusão de políticos do chamado baixo clero. Entre eles, consta até o deputado estadual do Rio, Geraldo Pudim. Em novembro do ano passado, quando policiais invadiram a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) em protesto contra o governo Pezão, Pudim foi um dos quatro deputados que se esconderam no departamento médico da Alerj.
Petecão também coleciona histórias pitorescas. No julgamento do impeachment da ex-presidente no Senado, dois dias antes do afastamento definitivo, Petecão perguntou que pacto com o diabo a petista havia feito para ser reeleita.
— A senhora teria condições de dizer que pacto foi feito com o diabo para chegar à reeleição? Porque deu tudo errado. Não seria melhor ter feito um pacto com Deus? Questionou o senador, ironizando uma frase de Dilma em 2013:
— Podemos fazer o diabo na hora da eleição, mas, no exercício do mandato, temos que nos respeitar, pois fomos eleitos pelo voto direto.