ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Sindicato dos servidores do MPPE pressiona por reposição salarial, nesta quinta-feira


Nesta quinta-feira, às 10hs, no auditório do Centro Cultural Rossini Alves, na Boa Vista, o secretário geral do Ministério Público de PE, Alexandre Bezerra, promove encontro para debater a atual conjuntura do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).
Na ocasião, o presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Sindsemppe), Fernando Ribamar, na mesa, aproveitará para engrossar o coro das discussões sobre a reposição das perdas inflacionárias dos servidores.
“Este mês, completa-se dois anos sem cumprimento, o que fere à Constituição. Está no artigo 37 da Constituição Federal que temos direitos previstos de recomposição salarial anual reajustada de acordo com a inflação. É uma obrigação legal”, diz Fernando Ribamar.
No encontro, os representantes do Sindsemppe vão cobrar a valorização e qualificação dos profissionais de carreira.
Eles também prometem apresentar uma carta de repúdio ao pronunciamento feito pelo conselheiro do Conselho Nacional do MP, Orlando Rochadel, na semana passada, durante a reunião do colégio de procuradores do MPPE. A entidade entende que ele defendeu a precarização do plano de cargos e carreira, bem como o aumento do número de cargos comissionados no MP de Pernambuco.
“Rochadel justifica as suas propostas com menções pejorativas ao comportamento dos servidores estáveis aos quais sugeriu serem dissídios às suas funções. Para nós, é extremamente preocupante que um conselheiro do CNMP expresse o entendimento de que a estabilidade dê causa à falta de engajamento e compromisso do servidor público, quando se sabe que essa existe devido ao servidor público não ficar ao sabor do humor dos gestores”, reclama o presidente do Sindicato, em nota oficial.