ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Assembleia Legislativa presta homenagem a desembargador afogadense, Alberto Virgínio


O desembargador Alberto Nogueira Virgínio foi homenageado, nesta segunda (19), em Reunião Solene na Assembleia Legislativa. A iniciativa foi sugerida pelo deputado Clodoaldo Magalhães (PSB), como forma de enaltecer os 40 anos de carreira do magistrado, que é natural de Afogados da Ingazeira.
Seguir a profissão do pai, juiz de Direito, foi um estímulo à decisão do estudante Alberto para cursar Ciências Jurídicas, tendo concluído o curso de Direito em 1979, na Paraíba, Estado onde iniciou a carreira de advogado. Virgínio permaneceu trabalhando num escritório até 1983, quando ingressou na magistratura pernambucana.
O homenageado foi juiz corregedor auxiliar de presídios em 1994; juiz corregedor auxiliar da 4ª Região, de fevereiro de 1995 a janeiro de 1996, e da 5ª Região, de fevereiro de 1996 a janeiro de 1998. Em 2000, atuou como juiz da 6ª Zona Eleitoral do Recife, quando acumulou as funções de juiz-membro da Comissão de Propaganda Eleitoral. O Tribunal de Justiça de Pernambuco promoveu Virgínio ao cargo de desembargador em 2005, pelo critério de merecimento.
O primeiro vice-presidente da Alepe, deputado Pastor Cleiton Collins (PP), afirmou, na abertura da solenidade, “que a Casa presta oportuna homenagem a um magistrado que, há quatro décadas, atua em defesa da sociedade e da boa prática jurídica”.
Clodoaldo Magalhães destacou que Virgínio é um dos grandes expoentes do Judiciário pernambucano. “Prudência, moderação, ética e amor pelo que faz são as palavras que traduzem o dia a dia do magistrado”, ressaltou.
O homenageado recebeu uma placa comemorativa da Assembleia. Virgínio agradeceu a iniciativa. “O dia de hoje me faz voltar a um passado distante, mas também revela que a minha responsabilidade como magistrado ganha um peso maior”, observou.