ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Festival Varilux exibe 19 filmes franceses em salas da RMR e interior; Cine São José que estava cotado, fica de fora


De quinta-feira até o próximo dia 21, a hegemonia hollywoodiana nas salas de exibição do Brasil é parcialmente quebrada com o Festival Varilux de Cinema Francês, que aporta em Pernambuco e outros 20 estados, além do Distrito Federal. O bem-vindo adendo à programação oferece uma significativa amostra da cinematografia francesa, a partir de 19 produções inéditas no país que entram em cartaz em 56 municípios. No estado, as sessões serão realizadas em cinco cidades: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe, Triunfo e Arcoverde. Houve uma reunião em Afogados da Ingazeira com responsáveis pelo projeto e ficou acordado que o Festival de Cinema Francês seria exibido no Cine São José e que um retroprojetor seria doado (a exemplo de Arcoverde e Triunfo que foram contemplados), o que não aconteceu.
"O peso esmagador do marketing, a digitalização e a crise das salas de cinema de rua ameaçam muito a diversidade dos filmes nas telas", avalia Christian Boudier, diretor do festival. Responsável pela curadoria dos filmes, ele considera que a situação de preponderância dos grandes estúdios põe em risco a liberdade de escolha dos espectadores. Ainda que seja um incremento temporário na variedade do material exibido nos cinemas brasileiros, não deixa de ser expressivo o resultado alcançado pelo festival no ano passado, quando atraiu público de 156 mil pessoas em duas semanas.
Na Região Metropolitana do Recife, as exibições serão realizadas nos cinemas São Luiz, Fundação/Museu, Moviemax Rosa e Silva, Cinemark RioMar, Cinépolis e Cine Teatro Bianor Mendonça Monteiro. No Sertão, as sessões ocorrem no Cine Theatro Guarany (Triunfo) e Cinema Rio Branco (Arcoverde).
A seleção de inéditos do Varilux tem 17 longas de ficção e um documentário, todos produções recentes, alguns com passagens em importantes festivais como os de Berlim, Veneza e Cannes. Como já é tradição no festival, a programação inclui um clássico e o título escolhido desta vez pela curadoria é a comédia musical Duas garotas românticas (1967), do casal Jacques Demy e Agnès Varda. Sete dos 18 filmes que estreiam no festival têm direção de mulheres, como Tal mãe, tal filha, de Noémi Saglio, e Um instante de amor, de Nicole Garcia.
No interior
A programação Varilux irá marcar também a reabertura do Cine Theatro Guarany, em Triunfo, no Sertão. O equipamento, inaugurado em 1922, era aberto apenas esporadicamente nos últimos anos, durante solenidades e eventos como o Festival de Cinema de Triunfo. A partir desta semana, volta a funcionar regularmente, com sessões de filmes às sextas-feiras, sábados e domingos. Os ingressos terão preços populares: R$ 4 e R$ 2.