ACADEMIA

sábado, 5 de outubro de 2019

07 vereadores e 19 servidores de Arcoverde participaram de Congresso que estaria sob investigação


Folha das Cidades
A celeuma e mistério da propalada investigação sobre 07 vereadores de Arcoverde que foram participar do 37º Congresso Municipalista de Administração Pública realizado em Maceió (AL), entre os dias 22 e 25 de agosto, pode ser conferida por qualquer cidadão no Portal da Transparência da Câmara. Os nomes dos vereadores e servidores que participaram não é nenhum segredo.
Ao todo participaram 19 servidores da Casa James Pacheco e 07 vereadores. Foram liberados para o Congresso com direito a diárias os vereadores Everaldo Lira (MDB), Werverton Siqueira (PSB), Zirleide Monteiro (PTB), Heriberto do Sacolão (Pode), Geraldo Vaz (PSD), João Taxista e Cleriane Medeiros, ambos sem partido. O valor das diárias foram de R$ 1.968,00.
Também participaram assessores dos referidos gabinetes dos vereadores com diárias de R$ 1.168,00 cada um. Segundo os dados do Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de Arcoverde, que pode ser acessado por qualquer cidadão ou cidadã, foram para o Congresso funcionários dos gabinetes de Siqueirinha (02), Everaldo Lira (02), João Taxista (02), Zirleide (02), Cleriane (02), Geraldo Vaz (01), Heriberto (02), Cybele (02), além de 04 servidores efetivos da Câmara Municipal. Segundo dados do próprio portal da Transparência, todas as diárias consumiram R$ 35.968,00 sendo R$ 13.776,00 dos vereadores e R$ 22.192,00 dos assessores e servidores.
Não participaram do referido Congresso em Maceió as vereadoras Célia Galindo (PSB), presidente da Câmara; Luiza Margarida (MDB) e Cybele Roa (PR), sendo que essa última enviou 02 assessores.
O tema das diárias e congressos da Câmara de Vereadores de Arcoverde não vem de hoje e por diversas vezes foi noticiado pela Folha das Cidades. Em março de 2016, por exemplo, a Câmara gastou R$ 99.984,00 em um só congresso, com mais de 60 diárias, para Maceió, Alagoas. No ano anterior, 2015, tinham sido gastos R$ 326.536,00 em diárias. Em 2016, teve até vereadores que não se elegeram tirando diárias no final de dezembro para visitar órgãos de classe e participar de congresso em Aracaju (SE).
Alvo da polêmica e da suposta investigação patrocinada pela polícia civil, a Câmara de Vereadores atual gastou com diárias em 2019 o valor de R$ 138.384,00. Em 2017 foram gastos R$ 273.402,00 e ano passado o valor foi de R$ 13.872,00 segundo o portal Tome Conta do Tribunal de Contas do Estado. Veja abaixo os valores gastos com diárias pelo Poder Legislativo disponíveis no Portal Tome Conta, que vem de 2012 até 2019. Os anos anteriores não estão disponíveis nem no portal da transparência da Câmara e nem do TCE.
2012 (R$ 57.698,20)
2013 (R$ 94.001,00)
2014 (R$ 211.712,00)
2015 (R$ 326.536,00)
2016 (R$ 440.780,00)
2017 (R$ 273.402,00)
2018 (R$ 13.872,00)
2019 (R$ 138.384,00)
Respostas
A Folha tentou entrar em contato com os vereadores citados ou buscou em suas páginas sociais posições acerca dos fatos.
A Vereadora Zirleide Monteiro (PTB) se disse “tranquila e que todo agente público está sujeito a investigações, mas que, seria bom que esse afã de justiça e de investigações saia do palanque pré-eleitoral montado e adentre também nas graves denúncias que já fizemos e protocolamos junto ao Ministério Público contra o governo municipal. Temos um nome limpo e vamos seguir nesta trilha, aprimorando ações, corrigindo rumos, mas sempre trabalhando em defesa de Arcoverde e de seu povo dentro de nossas limitações constitucionais. Não temo a justiça, trabalho com ela e ao lado dela”.
Em sua rede social, a vereadora Cybele Roa (PR) disse claramente que “fico tranquila e feliz em dizer que estou ao lado do povo de Arcoverde e que me mantenho a disposição de todos, autorizando para que me investiguem. Não participo de nada ilegal, ou que seja contra meus princípios. Fui eleita pelos arcoverdenses para trabalhar! Em busca de mudanças e de forma transparente. Minhas mãos são limpas! Estou com vocês”.
Os demais vereadores não foram localizados e o Portal A Folha da Cidades segue aberta para que cada um possa se pronunciar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.