ACADEMIA

domingo, 15 de abril de 2018

Afogados. Nova morte registrada no Sistema Viário de Contorno


Um acidente terminou com a morte de João Paulo Ferreira Santana, idade não informada, no Sistema Viário de Contorno, a frente do Colégio Dom Hélder Câmara, Afogados da Ingazeira. Ele morreu ao bater em uma parede no fim da grande reta do anel viário naquele setor. Há informações de possível excesso de velocidade. Ele estava em uma Moto Titan Honda preta. Não havia documentos com o rapaz. Por isso, ainda não foi identificado.
Bombeiros e PMs foram chamados ao local. O Dr Roberto Vicente,  que passava pelo local atestou o óbito por traumatismo craniano.
A morte levanta novamente a discussão sobre jovens que usam a reta do sistema viário como pita para pegas ou circulando em velocidade muito acima da via. “Ele vinha muito rápido e deve ter perdido controle no quebra mola”, disse uma testemunha.

A instalação de lombadas eletrônicas é uma das medidas cobradas no local por moradores do entorno, dentro do bojo da municipalização do trânsito. Um dos problemas alegado é o custo do equipamento. E a Prefeitura ainda não definiu o modelo do processo de municipalização. E a PM alega ter cobertor curto para, além das demais ações preventivas, fiscalizar o transito.
Em Arcoverde a municipalização do trânsito e criação de uma Autarquia de Trânsito, a Arcotrans, reduziu os acidentes porque tirou de circulação muitos que guiavam sem habilitação, além de ampliar a fiscalização evitando excessos. Claro, ainda são registradas imprudências mas em volume bem menor que antes do processo.
Nil Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.