ACADEMIA

domingo, 24 de junho de 2018

Escola Bara√ļnas de de SJEgito integra delega√ß√£o do Brasil em competi√ß√£o internacional de matem√°tica


Com 5 alunos premiados na fase nacional da Olimp√≠ada Internacional de Math√©matiques, duas medalhas de ouro e 3 de prata, a Escola Municipal Bara√ļnas vai integrar a delega√ß√£o do Brasil para a Asia International Mathematical Olympiad – AIMO 2018.
A olimp√≠ada ocorrer√° de 03 a 07 de agosto na cidade de Bangcoc Tail√Ęndia. A Escola Municipal Nan√° Patriota tamb√©m teve alunos premiados, foram 3 estudantes que conquistaram medalhas de prata na olimp√≠ada.
No Brasil, a Olimp√≠ada Internacional Matem√°tica Sem Fronteiras √© organizada pela Rede do Programa de Olimp√≠adas do Conhecimento – programa de interc√Ęmbio cient√≠fico que tem como objetivo, estimular o interesse entre os estudantes pela Ci√™ncia, Tecnologia e Inova√ß√£o.
“Parab√©ns a toda equipe e aos alunos pelo empenho e dedica√ß√£o, educar √© desafiar a si e ao outro.” Disse Fabiana do Prado, Secret√°ria de Educa√ß√£o de S√£o Jos√© do Egito.

Calçamento danificado incomoda moradores da Rua Cabloco Eduardo, em Salgueiro


Desde que a Rua Cabloco Eduardo foi pavimentada h√° v√°rios anos s√£o frequentes as reclama√ß√Ķes dos moradores da via, localizada no bairro Prado, em Salgueiro, sobre a m√° qualidade do servi√ßo. O que seria uma benfeitoria, tornou-se uma dificuldade. As pedras de paralelep√≠pedos se soltam com facilidade, deixando o tr√Ęnsito de pedestres e ve√≠culos fatigante na √°rea.
Os cidadãos esperam que dessa vez o reparo não seja paliativo, como já aconteceu outras vezes, mas que resolva a adversidade definitivamente. Deixamos o espaço aberto para a Secretaria Municipal de Obras se pronunciar.

Jovem é baleado e morre ao dar entrada no Hospital Regional de Ouricuri


O jovem Gleison Pereira Bezerra, conhecido como “Gleisinho”, 22 anos, morreu ontem ap√≥s ser atingido por dois tiros na cabe√ßa e no pesco√ßo. Crime aconteceu na Rua Joaquim Xavier, bairro Santo Ant√īnio, em Ouricuri.
Os disparos foram efetuados por dois homens que estavam trafegando em uma moto de características não anotadas. Gleison ainda chegou a ser socorrido para o Hospital Regional de Ouricuri, recebeu os primeiros socorros, mas não resistiu aos ferimentos.
Policiais militares da região fizeram diligências com intuito de prender os autores do homicídio, porém, não tiveram sucesso. A Delegacia de Ouricuri abriu investigação para elucidar o fato.

Na visita a Arcoverde nem tudo foram flores para Paulo C√Ęmara


Fogos e ostenta√ß√£o n√£o faltaram √† vista do governador, nem tampouco protesto, mesmo que individuais, contra o que alguns chamam de governador das promessas. Apesar de n√£o ter vindo em ve√≠culo blindado, o governador trouxe novas promessas. Dentre elas est√° o “lan√ßamento da ordem de servi√ßo para a autoriza√ß√£o da abertura de licita√ß√£o para contrata√ß√£o da empresa que vai fazer o projeto do Compaz”. S√≥ n√£o √© piada porque √© ano eleitoral e se soma ao per√≠odo a nova ordem do saneamento de Arcoverde que se arrasta desde 2011 quando o ex-governador Eduardo Campos, j√° falecido, veio e assinou. Se o Brasil busca o hexa, C√Ęmara j√° chegou ao tetra com mais essa nova ordem de servi√ßo. N√£o √© √† toa que o governador est√° gastando R$ 179 mil com aluguel de carro blindado para utilizar quando estiver em Bras√≠lia.
https://2.bp.blogspot.com/-Zx24yuN86Jo/Wyu41EeVQ1I/AAAAAAAATt0/1j9i52CxuV0QOibSwX2gZ-0d1oR5bCb8wCLcBGAs/s640/IMG-20180620-WA0040.jpg
Quem melhor traduziu a nova pol√≠tica pregada pelo PSB em Pernambuco e Arcoverde foi mesmo a estudante do Erema, Nathalia, que, segundo a qual a mesma quadra que enfeitaram e ajeitaram para receber o governador que nem olhou para a “cara dos estudantes”, foi proibida de ser utilizada para a realiza√ß√£o dos jogos interclasses porque tinha buracos no telhado e estava toda deteriorada. Fecharam os buracos, pintaram tudo e ainda obrigaram os alunos a estar presente sob pena de n√£o fazerem um tal simulado.
Enquanto alunos eram obrigados e marcar presen√ßa sob o comando de professores vigiados, uma professora, Helo√≠sa Eneida, demonstrou de forma solit√°ria o que a grande maioria dos docentes do estado de Pernambuco gostariam. Levou para o meio da quadra do Col√©gio Carlos Rios onde estava a caravana do governador e da prefeita um cartaz aonde batizava o excelent√≠ssimo senhor Paulo C√Ęmara como “governo das promessas”. Disse que fez um protesto, apresentando o cartaz (foto), e depois “me retirei do circo”. Ap√≥s sua sa√≠da, fui informada que os assessores do governador estavam questionando sobre quem ela seria. “Lament√°vel! Uma pena! N√£o temos mais liberdade. Ditadura!”, sentenciou a professora. Para quem n√£o lembra, ou n√£o sabe, em 2014 Paulo C√Ęmara prometeu dobrar o sal√°rio dos professores do estado. Hoje eles n√£o est√£o conseguindo nem dobrar a ponta devido √† defasagem.

Arcoverde: S√£o Jo√£o movimenta R$ 30 milh√Ķes no munic√≠pio


A cidade de Arcoverde conta com um S√£o Jo√£o forte no interior do Estado. A festa ser√° realizada de 22 a 30 de junho com a expectativa de movimentar cerca de R$ 30 milh√Ķes durante todo o m√™s de junho. O per√≠odo tamb√©m aumenta as oportunidades na cidade. Aproximadamente 2 a 3 mil empregos diretos e indiretos s√£o gerados.
De acordo com o Secretário de Turismo e Eventos, Albérico Pacheco, a estimativa é de que a cidade receba mais de 500 mil pessoas durante o mês. No fim de semana de abertura da festa, a rede hoteleira - composta por cerca de 1,2 mil leitos - já está 100% preenchida. No segundo fim de semana da festa, os hotéis já estão 90% ocupados. Além disto, neste período há mais de 300 casas cadastradas para aluguel.
A cidade, que tem em m√©dia 72 mil habitantes, recebe visitantes de mais de 25 munic√≠pios vizinhos, do Moxot√≥, Paje√ļ, Ipanema, Agreste, Cariri paraibano, entre outros, al√©m dos turistas de outros estados do Brasil. "A nossa movimenta√ß√£o √© mais modesta do que cidades como Caruaru e Petrolina, que s√£o bem maiores. Arcoverde √© uma cidade de porte m√©dio, mas nossa movimenta√ß√£o √© muito forte", defende o secret√°rio. De acordo com Alb√©rico, a cidade oferece bons servi√ßos de turismo, hotel, gastronomia e artesanato.
Para cada dia de evento, s√£o esperadas 60 mil pessoas nos dez polos de anima√ß√£o, entre visitantes (v√£o e voltam no mesmo dia); excursionistas (que viajam com foco em um artista determinado) e turistas (que passam pelo menos uma noite na cidade). Datas com atra√ß√Ķes como Mar√≠lia Mendon√ßa devem atrair o dobro da capacidade do munic√≠pio.

Flores: Marconi Santana autoriza início de construção de nova praça


Na tarde da √ļltima quarta-feira (20), no povoado do Saco do Rom√£o, localizado na zona rural do munic√≠pio, o Prefeito Marconi Santana assinou uma ordem de servi√ßo para in√≠cio dos trabalhos de constru√ß√£o de um novo espa√ßo de lazer que receber√° o nome de Pra√ßa Lu√≠s Ribeiro da Silva, personagem importante da cidade que era mais conhecido como Lu√≠s Peixoto.
Marconi na ocasi√£o agradeceu aos moradores do povoado e dos s√≠tios pr√≥ximos pela presen√ßa. Agradeceu tamb√©m ao seu vice e aos seus secret√°rios e vereadores destacando que, “levamos mais a√ß√Ķes para os moradores do Povoado do Saco do Rom√£o. Em breve vamos voltar l√°, para entregarmos uma pra√ßa nova. Obrigado aos moradores do povoado e s√≠tio circunvizinhos pela presen√ßa, como tamb√©m, aos nossos secret√°rios, os vereadores, Alberto Ribeiro, Jeane Pereira e nosso vice-prefeito Cicero Moizes pela presen√ßa”. O gestor ainda pontuou que a tarde de ontem foi de presta√ß√£o de contas de a√ß√Ķes j√° implementadas e de reafirma√ß√£o do compromisso de sua administra√ß√£o em ofertar qualidade de vida, integra√ß√£o e inclus√£o para as fam√≠lias que residem em Saco do Rom√£o.
A Praça Luís Ribeiro da Silva será construída com recursos próprios do Governo Municipal de Flores; uma indicação de que o dinheiro da população Florense está sendo bem aplicado pela gestão garantido o retorno através de obras que salientam o comprometimento e o bom funcionamento da prefeitura com as finanças da cidade.

Agência Municipal do Meio Ambiente orienta população sobre procedência de madeira para fogueira de São João em Petrolina


A época das festas juninas chegou e com ela, surgem às fogueiras que fazem parte da tradição nordestina em comemoração ao São João. Nas ruas de Petrolina, já é possível encontrar troncos de árvores amontoados para montagem dessas fogueiras que fazem parte da alegria de muitas crianças e adultos nessa época do ano.
Para garantir a seguran√ßa da popula√ß√£o e proibir o desmatamento ilegal, a Prefeitura de Petrolina atrav√©s da Ag√™ncia Municipal do Meio Ambiente (AMMA), est√° acompanhando a proced√™ncia desse material que vem sendo comercializado na regi√£o. Segundo a Lei Federal n¬ļ 6.514//08, transformar madeira oriunda de floresta ou demais formas de vegeta√ß√£o nativa em carv√£o, para fins econ√īmicos ou n√£o, sem licen√ßa ou em desacordo com as determina√ß√Ķes legais, √© crime sujeito a pagamento de multa.
A gerente de Fiscaliza√ß√£o e Educa√ß√£o Ambiental, J√ļlia do Vale, explica quais s√£o as esp√©cies que podem ser utilizadas. “Recomenda-se para uso de lenha para fogueiras de S√£o Jo√£o, madeiras ex√≥ticas ou de poda. Para quem deseja comercializar plantas nativas, √© necess√°rio a emiss√£o do Documento de Origem Florestal (DOF)”, afirma.
Para emitir esse documento, os comerciantes devem procurar a CPRH/ Ag√™ncia Estadual do Meio Ambiente ou IBAMA, onde eles ir√£o efetuar um registro e analisar se a madeira √© de proced√™ncia legal, ou seja, o material n√£o corre nenhum risco de extin√ß√£o. As den√ļncias podem ocorrer atrav√©s do telefone 156 (Ouvidoria Geral do Munic√≠pio).
Al√©m dos comerciantes, a popula√ß√£o deve estar ciente de alguns cuidados que devem ser tomados ao acender uma fogueira, como n√£o montar perto de locais com fia√ß√£o el√©trica, como linha de transmiss√£o ou ilumina√ß√£o p√ļblica, n√£o utilizar l√≠quidos inflam√°veis como gasolina, √°lcool ou √≥leo diesel, que podem causar queimaduras e acidentes graves, e que para apagar a fogueira sempre utilizar √°gua e recolher os restos das cinzas e brasas.

Campus do IFPE em Afogados da Ingazeira promove encontro com professores da rede municipal


O campus do IFPE em Afogados da Ingazeira recebeu na √ļltima quarta-feira, a visita de professores da √°rea de Ci√™ncias, da rede municipal de ensino. O encontro surgiu de uma demanda da Secretaria de Educa√ß√£o por meio da coordena√ß√£o de Ci√™ncias do munic√≠pio, com o intuito de aproximar os professores de ci√™ncias do sexto ao nono ano com os docentes do IFPE, objetivando a realiza√ß√£o de parcerias para projetos de inicia√ß√£o cient√≠fica e grupos de pesquisa, entre outras a√ß√Ķes.
O evento foi iniciado com uma palestra conduzida pela professora Andrea Dacal, coordenadora da P√≥s- Gradua√ß√£o da Pr√≥-reitoria de Pesquisa, P√≥s-gradua√ß√£o e Inova√ß√£o do IFPE, que apresentou o instituto aos professores municipais, seguido de uma roda de di√°logo para debater sobre √°reas de interesse e como funciona o segmento de pesquisa do Instituto Federal. Posteriormente, foi realizada uma visita guiada aos laborat√≥rios de Agroind√ļstria, Microbiologia e F√≠sica. “√Č importante mostrar o instituto para esse p√ļblico da regi√£o, porque inclusive, os alunos do sexto ao nono ano ser√£o os nossos alunos no futuro, e esses professores acabam tendo tamb√©m condi√ß√Ķes de desenvolverem algum projeto e terem publica√ß√Ķes juntos com o IFPE”, explica Andrea.
De acordo com Eliane Fernandes, coordenadora de Ci√™ncias da rede municipal de ensino, O IFPE tem um papel essencial na regi√£o, se tornando um parceiro em benef√≠cio de melhorias para a educa√ß√£o no munic√≠pio. “Estamos tentando fazer, entre nossos alunos e professores, que germine a ideia da inicia√ß√£o cient√≠fica, pois n√£o se tem uma forma√ß√£o espec√≠fica para isso. Conhecendo o IFPE, surgiu √† ideia de dar o pontap√© nesse processo da inicia√ß√£o cient√≠fica, unindo o eixo que a gente trabalha em ci√™ncias com sociedade e tecnologia atrav√©s de associa√ß√Ķes em sala de aula”, exp√Ķe Eliane.
O Diretor-Geral do campus Afogados da Ingazeira, Ezenildo Emanoel de Lima, refor√ßa a import√Ęncia dessa parceria: “√Č fundamental que a gente insira toda a comunidade dentro da nossa institui√ß√£o, pois √© mais uma maneira de fazer a integraliza√ß√£o junto com a regi√£o do Paje√ļ. Esses professores do munic√≠pio que foram acolhidos pelo nosso campus tiveram a oportunidade de entender como √© que o instituto funciona e de como eles, enquanto educadores, v√£o preparar os seus alunos, que futuramente poder√£o fazer parte do IFPE e que s√£o o nosso principal p√ļblico”, concluiu Ezenildo.

Projeto constrói 180 bancos comunitários de sementes no semiárido e beneficia 3,6 mil famílias em nove estados


A boa conviv√™ncia com o clima semi√°rido requer estocar √°gua, sementes e todos os recursos necess√°rios para uma vida digna. Pautadas por esse princ√≠pio, a Articula√ß√£o Semi√°rido Brasileiro (ASA) e a Funda√ß√£o Banco do Brasil firmaram uma parceria nesta quinta (21), em Recife, para implantar 180 bancos comunit√°rios de sementes e 171 cisternas para armazenamento de √°gua da chuva na regi√£o do Semi√°rido Brasileiro.
Essas tecnologias sociais – solu√ß√Ķes simples para desafios sociais realizadas em intera√ß√£o com a comunidade – ser√£o constru√≠das em nove estados: Alagoas, Bahia, Cear√°, Para√≠ba, Pernambuco, Piau√≠, Rio Grande do Norte, Sergipe e Minas Gerais. O investimento social ser√° de R$ 10,8 milh√Ķes.
Cada estado será beneficiado com 20 bancos de sementes, com 400 famílias envolvidas, somando 3.600 famílias em todo o projeto. Elas vão passar por capacitação para organizar o trabalho e para fazer a gestão do banco de sementes.
Os bancos comunit√°rios funcionam com a l√≥gica de uma institui√ß√£o financeira, mas em vez de dinheiro, o bem s√£o as sementes crioulas, as que s√£o utilizadas tradicionalmente pelos antepassados. Os agricultores familiares participantes depositam no banco as sementes, quando chega o per√≠odo de plantar, eles emprestam a quantidade necess√°ria. Ap√≥s colher, cada um devolve 50% a mais do que foi emprestado. “Isso ajuda a aumentar o estoque para poder atender mais gente na pr√≥xima colheita”, afirma a assessora da ASA, Mait√™ Maronhas.
Mait√™ explica que as sementes crioulas s√£o um patrim√īnio gen√©tico, formado e conservado pelas comunidades, porque com o passar das gera√ß√Ķes houve o ac√ļmulo de conhecimento sobre a melhor maneira e √©poca de plantar, colher e estocar. Al√©m disso, elas s√£o mais adaptadas √†s condi√ß√Ķes locais, mais resistentes a pragas e t√™m caracter√≠sticas que os agricultores valorizam. O milho crioulo, por exemplo, tem a palha que serve de alimento para os animais.
A iniciativa também vai implantar 171 tecnologias sociais de acesso a água que captam e armazenam água da chuva para a produção de alimentos e a criação de pequenos animais. As famílias participantes vão passar por capacitação sobre a manutenção das cisternas e como fazer o uso racional da água.
Agenda 2030
O projeto Banco de Sementes com Tecnologias de Acesso √† √Āgua est√° alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustent√°vel (ODS), principalmente com os objetivos “Erradica√ß√£o da Pobreza”, “Agricultura Sustent√°vel”, “√Āgua Pot√°vel e Saneamento” e “Redu√ß√£o de Desigualdades”. A parceria tamb√©m contribuir√° com o fortalecimento da agricultura familiar e das associa√ß√Ķes comunit√°rias, al√©m da conserva√ß√£o da biodiversidade da Caatinga.

Grupo Opini√£o rescinde com jornalista Jo√£o Valadares


O jornalista João Valadares, um dos mais respeitados profissionais do estado, com prêmios e reconhecimento por sua atuação, não faz mais parte do Portal OP9, do Grupo Opinião, onde tinha o blog Zero Filtro. Também não é mais comentarista da TV Clube. Veja o comunicado em sua página no Facebook:
“Gostaria de comunicar a voc√™s que, por uma decis√£o do conselho empresarial do Grupo Opini√£o, a partir de hoje, n√£o integro mais a equipe do Portal OP9, onde mantinha o blog ZeroFiltro. Tamb√©m n√£o sou mais comentarista pol√≠tico da TV Clube.
Quero agradecer especialmente a M√°rcio Markman e Lucas Fitipaldi por terem me convidado. Por fim, queria dizer que continuo acreditando no jornalismo livre, contundente e transformador”, concluiu.
Jo√£o Valadares tem tido uma postura cr√≠tica ao PSB estadual  e de defesa do petismo no Estado. Foi o √ļnico a divulgar a pesquisa interna do PT, mesmo que n√£o registrada, e chamou de oportunista a aproxima√ß√£o de Paulo C√Ęmara com o ex-presidente Lula.
Semana passada, em mat√©ria na Folha de S√£o Paulo,  noticiou que o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) emprega em cargos comissionados mulheres, filhos, nora, enteado e cunhada de desembargadores do Tribunal de Justi√ßa estadual.
“Sem necessidade de concurso p√ļblico e com sal√°rio bruto m√©dio de R$ 13,7 mil, a rela√ß√£o de nomeados engloba ainda uma cunhada do governador de Pernambuco, Paulo C√Ęmara (PSB), e a neta do presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uch√īa (PSC)”, disse a mat√©ria.