ACADEMIA


terça-feira, 29 de março de 2022

Bolsonaro decide demitir Silva e Luna da presidência da Petrobras

 


O Ministério de Minas e Energia confirmou na noite desta segunda-feira (28) que o presidente Jair Bolsonaro indicou o economista Adriano Pires para assumir a presidência da Petrobras. O atual presidente, general Silva e Luna, foi informado hoje da decisão de Bolsonaro em tirá-lo do cargo.

Em nota, a pasta afirma que consolidou a relação de indicados do Acionista Controlador, no caso o governo, para compor o Conselho de Administração da Petróleo Brasileiro e informa que a mudança será validada pela Assembleia Geral Ordinária, que ocorrerá em 13 de abril de 2022.

O ministério informa ainda que Bolsonaro indicou Rodolfo Landim para o exercício da Presidência do Conselho de Administração. “O governo renova o seu compromisso de respeito a sólida governança da Petrobras, mantendo a observância dos preceitos normativos e legais que regem a Empresa”, diz o ministério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.