ACADEMIA


quinta-feira, 24 de março de 2022

Profissionais do Programa Criança Feliz participam de capacitação no Interior de Pernambuco


 A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco e o Centro de Desenvolvimento e Cidadania (CDC) estão promovendo, ao longo desta semana, capacitações para coordenadores, supervisores e visitadores do Programa Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) – Programa Criança Feliz. A iniciativa é voltada ao desenvolvimento integral de crianças na primeira infância, considerando suas famílias e seu contexto de vida. A formação busca instrumentalizar as equipes para a execução das ações em seus municípios. Ao todo, 75 profissionais estão participando.

As capacitações estão ocorrendo em Sanharó, Gravatá e Sertânia, no Interior do Estado, abrangendo também profissionais que atuam em municípios do entorno, como Poção, Belo Jardim, Inajá e Manari. A condução das aulas, que acontecem no modelo presencial, é de Ivania Silva, Maria Adélia Gonçalves e Delma Silva, multiplicadoras do programa no Estado, com apoio de servidores municipais. Em Gravatá, a abertura do processo formativo foi prestigiada pelo prefeito Padre Joselito.

O Programa Criança Feliz tem como público-alvo gestantes e crianças de até três anos inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e crianças de até seis anos e suas famílias inseridas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), que estejam inseridas no CadÚnico ou que estejam afastadas do convívio familiar por aplicação de medida de proteção ou que tenham perdido um de seus responsáveis familiares, independentemente da causa de morte, durante a pandemia da Covid-19. O programa prevê a realização de visitas domiciliares periódicas por profissional capacitado.

“A formação tem como objetivo fortalecer as equipes municipais, principalmente na organização das visitas domiciliares no âmbito do programa, oferecendo orientações quanto ao planejamento das visitas e ao acompanhamento desse público”, explica a coordenadora do Programa Criança Feliz em Pernambuco, Bernadeth Gondim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.