ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

segunda-feira, 27 de março de 2017

IF Sertão-PE e Amazon Produce Network renovam convênio para estágio nos EUA


Na última sexta-feira (24), o sócio fundador da empresa Amazon Produce Network, Gilmar Mello, esteve na reitoria do IF Sertão-PE para juntamente com a reitora Leopoldina Veras, assinar a renovação do convênio que possibilita o envio de estudantes do Instituto para estágio em unidades da empresa localizadas nos Estados Unidos. Também participaram do encontro os pró-reitores de Extensão e Cultura, Ricardo Bitencourt e de Desenvolvimento Institucional, Alexandre Correia; além do Coordenador de Assuntos Internacionais, Marcos Masutti.
Em 2017, a parceria entre o IF Sertão-PE e a Amazon Produce Network completa 10 anos. Ao longo deste tempo, mais de 60 estudantes já participaram do programa de estágio, que além de reforçar os conhecimentos adquiridos na formação teórica oferecida pelo Instituto, abre valiosas oportunidades de emprego aos estudantes que retornam ao Brasil ao final do estágio, dentre outros benefícios. Segundo Marcos Masutti, a renovação do convênio foi realizada de acordo com novas leis trabalhistas dos EUA e trouxe uma novidade. “Além de continuarmos possibilitando o estágio, que é uma iniciativa única no país, servidores do IF Sertão-PE também poderão desenvolver projetos relacionados à parceria Instituto/Amazon”, destaca o coordenador.
 Para Gilmar Mello, o grande diferencial dos estudantes do IF Sertão-PE é o fato de eles conhecerem a qualidade do fruto em sua origem, ou seja, aqui na região do Vale do São Francisco. Assim, na empresa, eles são imediatamente capazes de identificar se aquele produto encontra-se no mesmo padrão de qualidade ao chegar aos EUA. “Temos a garantia de dispor de técnicos com uma formação forte em pós-colheita e no processo produtivo da manga, que podem garantir que o produto exportado é de alta qualidade”, ressaltou.
A reitora Leopoldina Veras, que teve a oportunidade de visitar in loco a atual turma de estudantes-estagiários da empresa em novembro de 2016, avalia que essa experiência é crucial para o crescimento dos alunos. “Eles têm a oportunidade de validar o que aprenderam no Instituto, ao mesmo tempo em que são avaliados com o olhar crítico de um mercado de ponta como é o dos EUA. Essa parceria demonstra que estamos no caminho certo, pois a formação dos nossos alunos atende às expectativas mundiais pelos profissionais mais capacitados”, revela a reitora. Atualmente, 16 estudantes estão nos Estados Unidos estagiando na Amazon Produce Network. A previsão é que mais três embarquem em meados de maio deste ano.