ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

sexta-feira, 31 de março de 2017

Mobilização desta sexta-feira não deve interromper serviços públicos


Nesta sexta-feira (31), os movimentos sindicais em Pernambuco vão se reunir em um novo ato contra as propostas em tramitação no Congresso Nacional de retirada de direitos da classe trabalhadora. A manifestação, porém, não deve afetar serviços públicos. De acordo com os sindicatos dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) e dos Professores do Recife (Simpere), não haverá fechamento de escolas das redes estadual e municipal por causa do ato. As categorias foram convocadas a participar do protesto, mas não há orientação para paralisação.
Os metroviários também garantiram que o metrô vai funcionar normalmente nesta sexta. O Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco também não convocou paralisação. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) informou que a paralisação só deve acontecer na Greve Geral, marcada para 28 de abril.
Por outro lado, vários colégios da rede particular de ensino do Recife não terão atividades para que os funcionários possam participar do ato. As famílias já foram comunicadas por meio de informativos, como este, do Instituto Capibaribe:
Caras Famílias, Na próxima sexta-feira, dia 31 de março, haverá o Dia Nacional de Mobilização, convocado por diversas organizações sociais.
Entendemos que esta chamada importa a todos (as) trabalhadores (as) e transcende a questões partidárias. É a expressão da indignação do povo brasileiro diante dos retrocessos educacionais, sociais e trabalhistas que o atual governo parece irredutível em implantar, e que penalizarão, gravemente, a toda população brasileira.
Diante de tais acontecimentos, não cabe à indiferença. Coerentes com a nossa crença na democracia e na defesa de uma sociedade mais justa, decidimos, então, suspender as aulas nesse dia, para os (as) profissionais das escolas participarem desse ato de cidadania.
Convidamos vocês a participarem conosco.
Equipe do Instituto Capibaribe

Outras instituições particulares de ensino, como o Colégio Apoio, a Escola Parque e a Escola Arco Íris também liberaram os professores para participarem da manifestação do Dia Nacional de Luta, que terá mobilizações em todo o país. No Recife, a concentração está marcada para as 15h, na Praça da Independência,  conhecida como Pracinha do Diário, no bairro de Santo Antônio. Em Caruaru, a concentração começa mais cedo, às 8h, em frente ao Grande Hotel.
As centrais sindicais lutam contra a aprovação das terceirizações, a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista. O movimento está sendo organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), Sindicato Municipal dos Profissionais de Ensino da Rede Oficial do Recife (Simpere), Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Jaboatão dos Guararapes (Sinproja), Sindicato dos Professores do Cabo de Santo Agostinho (Sinpc) e pelo Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Olinda (Sinpmol).