ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

segunda-feira, 27 de março de 2017

Prefeito de Triunfo saiu desmoralizado na derrota do seu candidato para UVP


A reeleição do presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), Josinaldo Barbosa (PTB), sepulta de vez o grupo do ex-presidente Biu Farias, ex-vereador em Surubim, e do prefeito de Triunfo, João Batista (PR). A derrota avassaladora, por 310 votos de diferença, aponta, mais do que isso, que nenhum deles exerce mais influência junto à categoria. Biu Farias nem tanto, mas João Batista botou a cara na campanha de André Valença, adversário de Josinaldo, deixando suas obrigações em Triunfo, como gestor, segundo o Blog do Magno, para cabalar votos em Bonito, no Agreste, onde foi realizada a eleição da UVP. Saiu de lá desmoralizado.
LEIA TAMBÉM
Recursos para Sertânia
Presente ao seminário do Moxotó, sábado passado em Arcoverde, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), saiu de lá satisfeito. Conseguiu R$ 1 milhão para adequar à estrutura da Compesa a nova realidade da Transposição do Rio São Francisco. Ganhou ainda os sistemas de abastecimento de Rio da Barra, povoado de Valdemar Siqueira e em Albuquerque Né, além das comunidades que estão em um raio de 5 km do canal. “Vamos conseguir também o recapeamento da PE-265, que o governador já autorizou fazer o projeto. O Governo do Estado tem um olhar especial para o Moxotó”, afirmou.
Articulação foi de Madalena
Das três plenárias que participou entre quinta-feira e sábado passados, dentro do roteiro dos seminários “Pernambuco em ação”, a de Arcoverde, como polo do Sertão do Moxotó, foi, disparado, a maior. Aliados experientes em eventos semelhantes arriscam num público em torno de duas mil pessoas. O sucesso é atribuído ao poder de articulação da prefeita Madalena Brito (PTB), que se empenhou e trabalhou com afinco a semana inteira, mobilizando prefeitos, vereadores e representantes das diversas entidades representativas da sociedade civil.
Sai federal
Quadro jovem que se encaixa ao perfil do projeto de renovação da política estadual, o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) já comunicou ao governador Paulo Câmara (PSB) que será candidato a deputado federal nas eleições de 2018. Lucas tende a ocupar o vácuo que será aberto no Sertão do São Francisco, sua base principal, com a desistência da reeleição do deputado Adalberto Cavalcanti (PTB), que disputará um mandato para Assembleia Legislativa. Jeitoso e habilidoso, Lucas está pavimentando o salto federal com a adesão ao seu projeto de novas lideranças entre o Agreste e o Sertão.