ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Nem os críticos e nem a divina chuva atrapalharam o sucesso de público e comercial da 13ª Expoagro


Se houvesse a perfeição em tudo, o que seria dos críticos pessimistas? E após 5 anos consecutivos de seca, o que dizer das chuvas que caem em nosso Sertão? Para uns elas vieram em um momento de gloria, pois não só os humanos necessitam delas, como também a espécie animal. Mas para outros, elas vieram para atrapalhar as festividades da já consagrada Expoagro, que há 13 anos cresce, mesmo com a falta de desejo dos pessimistas, isso porque misturam o que acontece a cada quatro anos, que é a política mesquinha e pequena, que não trás nenhum dividendo benéfico para município, com o desenvolvimento econômico de Afogados da Ingazeira.


A Expoagro 2017 custou ao todo R$ 909 mil. Os dados foram expostos pela própria Prefeitura, com base na lei que obriga a divulgação dos custos pelo Portal da Transparência. O maior custo foi com a dupla Henrique e Juliano, foi pago 300 mil reais. O show de Elba Ramalho custou 120 mil, o de Ciel Rodrigues 68 mil, Maciel Melo 45 mil, Fulô de Mandacaru 60 mil, o show gospel de Fernandinho 75 mil e outras despesas inerentes as festividades. Mas o que importa no momento, é quanto girou na economia do município, isso envolve de um salão de belezas, passando por bares/hotéis/restaurante, postos de combustíveis e até um lava-carros. Os mais entendidos em economia calculam que circularam algo em torno de 1,5 milhão de reais.
A gestão José Patriota mostrou que pode se fazer uma Exposição da Caprinovinocultura de ampla competividade com os outros municipios de vários estados brasileiro atraindo para cima os números da economia do seu município, ensejando-as nas festividades da emancipação política de Afogados da Ingazeira.
Ouviu-se pelos quatro cantos e pelas redes sociais o desejo que as festividades dessem erradas porque as chuvas trouxeram um verdadeiro lamaçal para aqueles que queriam vê as atrações musicais patrocinadas sem nenhum custo aos expectadores, fotos com alusões depreciativas ao ambiente da Expoagro foram mostradas como se fossem pocilgas e outras que não merecem publicações. Mas o que serviu como resposta foi o sucesso de público nas noites dos diversos shows, com artistas renomados, e que uma grande parte da população queriam ver de perto, mesmo com a chuva caindo naquele horário, e isso é fato. Nesse quesito fica a lição aos críticos costumaz, quando o povo quer, nada os impedem, nem mesmo as depreciações.
Há de se elogiar a dedicação do assessores municipais que cuidaram de todo organograma da 13ª Expoagro, o secretário Edgar Santos, de Cultura e Esportes, teve seu papel de destaque, viu-se um incansável dedicar-se tanto durante todos os dias, isso diuturnamente, outro que cuidou atentamente da atenção dos convidados pelo município foi o assessor Elias Silva, muito empenho e trato com os participantes.
Na área da Exposição de Animais, há de se destacar o secretário Ademar Oliveira, de Agricultura, que acompanhado dos veterinários Rivelton Sena e Toninho Valadares deram aos visitantes criadores, uma estadia merecidas de elogios por muito que comercializaram animais de várias raças e genéticas. E por fim a toda equipe do prefeito José Patriota, mostrando, como disse um expectador, que se pode fazer muito custando pouco.