ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Projeto defende pagamento de trabalhador rural com casa e alimentação


Os trabalhadores rurais são o novo foco da Câmara dos Deputados. Depois de votar a Reforma Trabalhista, os parlamentares agora se preocupam em analisar propostas específicas para os trabalhadores do campo, que ficaram de fora das mudanças propostas pelo governo em virtude de um acordo com a bancada ruralista. Segundo informações do jornal Valor Econômico, o texto que será analisado prevê que esses funcionários não sejam pagos apenas com salário, mas também com oferta de moradia e alimentação.
Está prevista também a proposta de ampliação da jornada diária para até 12 horas e substituição do descanso semanal por um repouso contínuo, que acarretaria em até 18 dias seguidos de trabalho. A venda integral das férias também deve ser abarcada no texto.
O projeto é de autoria do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da bancada ruralista da Câmara. A lógica seguida por ele é a mesma da Reforma Trabalhista, de diminuir a possibilidade de interpretação das leis pela Justiça do Trabalho e pelo Ministério Público.
A proposta tem sido vista pelas bancadas trabalhistas como ainda mais perversa que o projeto aprovado para a Câmara para todos os trabalhadores e a possibilidade de pagamento com moradia e alimentação, na visão de muitos, uma espécie de retomada a condições de trabalho do período da escravidão.