ACADEMIA

tok china e loja de motos

tok china e loja de motos

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Vacinação contra febre aftosa começa dia 1º de maio em Pernambuco


A partir desta segunda-feira, 1º de maio, os produtores pernambucanos devem vacinar todo o rebanho bovino e bubalino contra a febre aftosa. A primeira etapa da campanha de vacinação contra a doença segue até o dia 31 de maio. Mesmo com o status de área livre de febre aftosa com vacinação é preciso continuar protegendo os animais da doença. A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado - Adagro deve imunizar mais de 90% do rebanho pernambucano, que hoje é de 1,9 milhões de bovinos.
O produtor deverá adquirir a vacina nas casas agropecuárias e declarar a vacinação nos escritórios da Adagro. O frasco com 10 doses custa em média R$ 13,50. A vacina deve ser conservada em gelo e para evitar o estresse dos animais, e deverá ser aplicada nas horas mais frias do dia, pela manhã ou no fim da tarde, animais recém-nascidos também devem ser imunizados. “o criador que não vacina fica impedido de tirar a GTA e não pode se cadastrar em programas do Governo, além de pagar multa de no mínimo R$ 60,00” declarou a Diretora-presidente da Adagro, Erivânia Camelo.
É importante que na hora da declaração o produtor, faça sua atualização cadastral, inclusive com o detalhamento do seu rebanho por sexo e idade. Este ano Pernambuco completa 20 anos sem registro da doença. 
Febre Aftosa
A febre aftosa é uma doença viral altamente infeciosa que acomete os animais que possuem casco fendido. Sua ocorrência representa veto a mercados importantes e, consequentemente, prejuízos econômicos para o setor, por isso a importância de proteger o rebanho da doença por meio da vacinação.